Arquivo da categoria: Plantas>Flor em Vaso

GIRASSOL

girassol-sun-bright

NOME POPULAR: Girassol

 

FLORES: Suas flores são grandes, muito vistosas. Florescência terminal em capítulos geralmente solitários, ou com dois ou mais capítulos secundários menores. Flores em tom amarelo forte com centro marrom de diâmetro geralmente em torno de 5 cm. Ocorre principalmente na primavera e verão.

ILUMINAÇÃO: Necessita de luz direta do Sol, tolera um pouco de sombra algumas horas por dia. Mas é uma espécie própria para jardins bem ensolarados. Utilizada tanto para compor bordaduras, quanto para conjuntos isolados.

REGA: O solo deve ser mantido úmido. Pode ser regado diariamente, mas evite deixar água acumulada no pratinho.

 

PODA: É necessário fazer uma poda de limpeza, retirando-se as folhas e flores secas e amareladas.

GLOXINIA

gloxinia

NOME POPULAR: Gloxinia

 

FLORES: Flores eretas simples ou dobradas em diversas cores. Algumas apresentam cores pontilhadas ou com contornos.

ILUMINAÇÃO: Necessita de muita luz, porém sem a incidência de sol direto.

REGA: Periodicamente, sem deixar que o solo se seque por completo. Porém, no outono, a planta entra em estado de repouso, perdendo a maioria das folhas, o que torna as regas dispensáveis. Nas demais épocas regar 2 vezes por semana.

PODA: É necessário somente retirar as folhas secas e velhas para manter a saúde da planta. No inverno é necessário retirar os bulbos da terra, limpar e guarda-los em lugar fresco e arejado tornando a plantá-los no final do inverno ou início da primavera.

Hibisco

hibisqs-1

NOME POPULAR: Hibisqs Dark Rosa

PORTE: Chega a atingir de 3 à 5 m de altura.

CICLO DE VIDA: Perene.

FLORES: As flores solitárias e de inúmeras cores, são formadas num período muito amplo abrangendo todas as estações. É a flor símbolo do Havaí.

ILUMINAÇÃO: o Hibisco é uma planta própria para o jardim. Gosta de muita luz, suportando até a luz direta do Sol. É uma planta tropical, não tolera geada.

REGA: Devem ser regados de duas a três vezes por semana.

 

PODA: A poda deve ser feita quando necessário ou uma vez a cada dois anos da seguinte forma: Cortar pontas (no topo e nas laterais). Os novos brotos surgem próximo ao tronco.

Hidroculturas

hidrocultura-variada

NOME POPULAR: Hidroculturas

CICLO DE VIDA: Depois de algum tempo é necessário trocar de vaso.

FLORES: Algumas variedades possuem flores, como kalanchoe, pimenta etc.

ILUMINAÇÃO: Locais bastante iluminados, porém sombreados, protegidos do Sol direto.

REGA: O recipiente deve ser mantido com água, cerca de um centímetro. A planta absorve a água pela fita.

ADUBAÇÃO: Não é necessário.

PODA: Pode ser feita poda de manutenção para conter o crescimento.

MÉTODO DE PROPAGAÇÃO OU REPLANTE: Quando o pote não comportar mais o tamanho da planta, esta poderá ser transferida para um vaso comum ou jardim.

Ixora Coccinea

ixora-variada

NOME POPULAR: Ixora Coccinea

COR: Amarela, Vermelha, Laranja

PORTE: Quando adulta pode atingir até 4 metros, porém quando plantada em vasos, não costuma passar de 1 metro.

CICLO DE VIDA: Perene.

FLORES: Possui inflorescências terminais grandes com numerosas flores pequenas de diversos tons de laranja e vermelho nas variedades mais antigas. Atualmente são cultivadas também variedades de tons rosa e amarelo. São muito duráveis e atraem beija-flores e borboletas. Formam-se durante a primavera e verão.

ILUMINAÇÃO: A Ixora é bastante resistente à exposição ao sol. Pode ser mantida em jardins sob Sol pleno, ou em locais bastante iluminados.

REGA: O solo deve ser mantido moderadamente úmido, podendo secar entre uma rega e outra. Plantas em jardim: Em dias quentes a água deverá ser fresca para ajudar a planta a se refrescar. Pode-se molhar toda a planta. A freqüência de rega será determinada por você, pois é de acordo com a temperatura e umidade do ar que a planta perde mais ou menos água.

SUBSTRATO: Para maior desenvolvimento, misture na terra um pouco de adubo com grande quantidade de húmus, seguindo Sempre as indicações e recomendações do fabricante sobre dosagens e freqüências.

ADUBAÇÃO: Pode ser utilizado NPK 10-10-10.

PODA: Mantenha o vaso sempre limpo, eliminado com uma tesoura afiada as folhas e flores velhas e mortas. No jardim, não é necessário podar, porém caso queira fazer uma poda de contenção, recomenda-se podar os galhos maiores.

MÉTODO DE PROPAGAÇÃO OU REPLANTE: Na primavera, por meio de estacas de 10 a 15 centímetros de comprimento, removidas de ramos jovens e vigorosos. Deve-se deixa-las enraizar em ambiente úmido e de preferência protegido.

LIRIO

sunny-okinawa

NOME POPULAR: Lírio Sunny Okinawa

FLORES: Apresentam flores grandes, terminais com duas ou mais flores perfumadas de forma e colorido variado. Florescem geralmente no inverno e primavera.

ILUMINAÇÃO: Requer ambiente fresco e com boa iluminação. Evite o Sol nas horas mais quentes do dia. Quando cultivada em canteiros prefira lugares à meia-sombra.

REGA: No vaso: Deve-se regar até que a água saia pelos furos do vaso, mas evite deixar água acumulada no pratinho. Mantenha o solo sempre úmido. Em regiões de clima quente regue com pouca água, mas com freqüência. Se for necessário, todos os dias. Em canteiros: Procure deixar o canteiro sempre úmido, regando de manhã bem cedo ou no final da tarde.

PODA: Em canteiros: Depois que a flor do Lírio cair, aguarde até que as folhas comecem a secar, faça então uma poda bem baixa, retirando quase por inteiro toda a folhagem. Não se preocupe a folhagem do Lírio cresce muito rápido, com cerca de 15 dias já estará vistosa. No Vaso: Depois que a flor cair, espere que a haste seque e só então faça a retirada do bulbo. (segue abaixo o procedimento para replante do bulbo).

FLOR DE MAIO

flor-de-maio

  • Descrição:

Flor de Maio

  • Iluminação:

Exposição indireta. Menos tolerante á luz solar. Prefere luz difusa, através de vidraças, cortinas ou outras plantas.

  • Rega:

Rega esparsa. Suficiente para hidratar o solo. A terra deve estar seca em sua superfície para só então hidratar a planta novamente.

  • Ambiente:

Ambientes internos. Não deve ser exposta a intempéries.

GERBERA

gerbera-1-flor

  • Descrição:

Gérbera

  • Iluminação:

Prefere luz difusa. O Sol não pode ser fraco demais a ponto de estar meio escuro, nem forte demais (evitar o Sol entre 11 e 14 horas).

  • Rega:

Uma vez a cada dois dias é o suficiente. Caso haja dúvidas com relação ao momento de regá-la, é preferível pecar pela falta de água do que pelo excesso. Não se deve molhar folhas e flores. Distribua a água uniformemente em seu substrato ou coloque água em seu pratinho e deixe por 2 horas depois deixe escorre e retire todo o excesso (método chamado inundação). Evite o excesso de água, pois facilita a proliferação de fungos e bactérias

  • Poda:

Devem-se retirar todas as flores e folhas secas ou meladas (devido ao excesso de água). O melhor método é com as mãos, desinfe-as com álcool e puxe-as para cima.

CRISANTEMO

crisntemo-mini

  • Descrição:

Crisantemo

  • Iluminação:

Luz indireta em grande quantidade.

  • Flores

Flores com inúmeras formas e cores. Cultivadas hoje em dia em casas de vegetação, com sistemas de luz e temperatura controlados, se encontram disponíveis o ano todo.

  • Rega:

Solo sempre úmido sem encharcar, regando dia sim dia não.

  • Poda:

Deve-se fazer uma poda de manutenção, retirando as folhas e flores secas e amarelas, conservando sempre a planta limpa e saudável.

CYCLAMEN

cyclamen-pote-14-2

  • Descrição:

Cyclamen

  • Flores

podem se apresentar de diversas cores, entre branco, vermelho, rosa, salmão e combinações diferentes. Apresenta variedades grandes e pequenas e de flores com bordas crespas. A planta normalmente morre após a floração, mas seu bulbo irá florir novamente. Floresce no fim do inverno e começo da primavera.

  • Iluminação:

Prefere luz difusa. O Sol não pode ser fraco demais a ponto de estar meio escuro, nem forte demais (evitar o Sol entre 11 e 14 horas).

  • Rega:

Uma vez a cada dois dias é o suficiente. Caso haja dúvidas com relação ao momento de regá-la, é preferível pecar pela falta de água do que pelo excesso. Não se deve molhar folhas e flores. Distribua a água uniformemente em seu substrato ou coloque água em seu pratinho e deixe por 2 horas depois deixe escorre e retire todo o excesso (método chamado inundação). Evite o excesso de água, pois facilita a proliferação de fungos e bactérias.

  • Poda:

Devem-se retirar todas as flores e folhas secas ou meladas (devido ao excesso de água).

BONSAI

bonsai-jovem

  • Descrição:

Bonsai

  • Iluminação:

Para seu bom desenvolvimento, deve-se colocar o Bonsai em lugares bem iluminados em que receba sol durante alguma parte do dia, preferencialmente durante a manhã. E que sejam protegidos do vento forte.

  • Rega:

Em locais de clima quente, se necessário regue 2 vezes ao dia, ou sempre que a superfície do substrato estiver seca. Também é interessante borrifar água em suas folhas, mas sem excesso. Quando os dias não estiverem quentes, regue dia sim dia não.

  • Poda:

Varia conforme a espécie cultivada. Nas árvores que dão frutos, os brotos não podem ser retirados porque no início não se distingui os que darão flores dos que darão folhas ou ramos. Os que se decidirem em ramos serão imediatamente eliminados. Os pinheiros e outras árvores de folhas perenes, em regra, lançam os primeiros brotos nas extremidades dos ramos, dos quais mais tarde sairão folhas. Deve-se eliminar apenas a ponta dos brotos maiores, deixando intactas as suas bases.

BEGÔNIA DRAGON

begnia-dragon-wing

  • Descrição:

Begônia Dragon

  • Iluminação:

Prefere lugares bem iluminados porém, abrigados do vento e do Sol direto. Cultivada normalmente em vasos sob a proteção de estruturas, ou no jardim em maciços a meia sombra.

  • Rega:

O solo deve ser mantido úmido, regando 1 vezes por dia em lugares de clima quente ou quando necessário, porém não deixe encharcar e evite molhar as flores. Prefira água em temperatura ambiente, não muito fria. Não deixe água acumulada no pratinho, isso pode provocar o apodrecimento das raízes.

  • Ambiente:

Exposição indireta. Menos tolerante á luz solar. Prefere luz difusa, através de vidraças, cortinas ou outras plantas.

BEGÔNIA

Begônia

  • Descrição:

Begônia

  • Iluminação:

Prefere lugares bem iluminados porém, abrigados do vento e do Sol direto. Cultivada normalmente em vasos sob a proteção de estruturas, ou no jardim em maciços a meia sombra.

  • Rega:

O solo deve ser mantido úmido, regando 1 vezes por dia em lugares de clima quente ou quando necessário, porém não deixe encharcar e evite molhar as flores. Prefira água em temperatura ambiente, não muito fria. Não deixe água acumulada no pratinho, isso pode provocar o apodrecimento das raízes.

  • Ambiente:

Exposição indireta. Menos tolerante á luz solar. Prefere luz difusa, através de vidraças, cortinas ou outras plantas.

BEGONIA BELAEF

begonia-beleaf

  • Descrição:

Begônia Belaef

  • Iluminação:

Prefere lugares bem iluminados porém, abrigados do vento e do Sol direto. Cultivada normalmente em vasos sob a proteção de estruturas, ou no jardim em maciços a meia sombra.

  • Rega:

O solo deve ser mantido úmido, regando 1 vezes por dia em lugares de clima quente ou quando necessário, porém não deixe encharcar e evite molhar as flores. Prefira água em temperatura ambiente, não muito fria. Não deixe água acumulada no pratinho, isso pode provocar o apodrecimento das raízes.

  • Ambiente:

Exposição indireta. Menos tolerante á luz solar. Prefere luz difusa, através de vidraças, cortinas ou outras plantas.